ONG em Angola incentiva produção de blocos de garrafa PET “Ecobricks”

Foto: Josephine Chan and Ian Christie – www.ecobricks.org

Já ouviu falar de blocos de construção feitos com garrafas plásticas PET (Polietileno tereftalato) e resíduos plásticos? 

O Ecobrick é um bloco de construção sustentável, que consiste na reutilização de garrafa PET, preenchida com resíduos não biodegradáveis, como pequenos plásticos, palhinhas, embalagens de chocolate, de bolachas e de rebuçados.

De forma geral, os Ecobricks também podem ser vistos como ecopontos, um depósito para plásticos leves que não podem ser reciclados. 

Projeto de Ecobricks em Angola

A ONG ‘Viana Permacultura’ financiada pela Embaixada Francesa em Angola, em parceria com a Plataforma ‘Menos-Lixo’, que tem apostado na difusão e na utilização dos Ecobricks em Angola, pretende sensibilizar a população angolana a criar os Ecobricks. 

O objetivo é de reciclar mais de 500kg de plásticos leves, com cerca de 1000 garrafas PET de 1.5 Litros.

Permacultura é um sistema de design para a criação de ambientes humanos sustentáveis, que se caracteriza por utilizar apenas métodos ecologicamente sustentáveis e economicamente viáveis.

Esta iniciativa dos Ecobricks “é uma solução sustentável e global ao problema dos plásticos leves. Oferece uma oportunidade de valorizar e reduzir os plásticos na terra e no mar, e duma maneira geral sensibilizar os angolanos a repensar”, descreve a campanha.

Em entrevista ao Koffie Luso, a “Menos-Lixo”, que promove a interação entre agentes produtores de resíduos sólidos e os agentes que reutilizam e reciclam, com base na proteção e preservação do meio ambiente, explicou que o Projeto Viana Permacultura, pretende “usar os Ecobricks para alguns projetos de construção em vários projetos sociais em Luanda”. 

Já construíram um banco na horta pedagógica do centro social Vivência Feliz, em Viana, com um grupo de crianças de rua. A principal vocação deste “novo centro é de cumprir a função de emergência para abrigar crianças mais dessocializadas e sem condições, e fornecer numa mesma estrutura acompanhamento medical e psicossocial que necessitam.”

Construção de banco de jardim com os EcoBricks. Foto: Viana Permacultura
Construção de banco de jardim com os EcoBricks. Foto: Viana Permacultura

Têm em vista, a construção de alguns muros para as hortas circulares (Kyhole garden) que estão a ser criadas, com o objetivo de substituir os blocos de cimento, para de maneira eficaz, reduzir os custos destas hortas muito adaptadas.

Neste momento de Estado de Emergência em Angola, os criadores da campanha, solicitam voluntários para criarem e guardarem os ecobricks, até terminar esta fase de isolamento: “pedimos que guardes os teus Ecobricks, e pós-Estado de Emergência entra em contacto com Menos-Lixo e faremos chegar destino certo”.

 

Confira o Passo a Passo para criação do Ecobrick, do projeto Viana Permacultura e a Menos Lixo:

  1. Começa com uma garrafa vazia de plástico de 1.5 litros. Deve estar limpa e seca.
  2. Enche a garrafa com plástico: embalagens de chocolate, de bolachas, de rebuçados, palhinhas, todos estes pequenos plásticos que regularmente vão parar ao lixo. Dobre e enrola o plástico num twist, para ficar bem comprimido.
  3. Usa uma colher de pau, para ir empurrando e compactar o plástico no fundo da garrafa, enchendo-a até ficar sólida, como um tijolo. É importante obter uma garrafa completamente sólida.
  4. Importante: Não utilizes vidro, metal ou biodegradáveis
  5. Faça o teste final, pisando a garrafa, se amolgar, deverá acrescentar mais plásticos. É importante obteres uma garrafa completamente sólida com plásticos não recicláveis. 
  6. Quando completares, põe a tampa, e escreve o seu nome, data, peso e o nome do projeto Viana Permacultura. Cada garrafa de 1.5 litros deverá pesar no mínimo 500g!
 
Veja abaixo a imagem ilustrativa com o passo a passo:

Existe uma organização internacional de Ecobricks, a “The Global Ecobrick Alliance (GEA)”, que dá ideias sobre projetos que podem ser levados a cabo pelo cidadão comum, para reutilizar os ecobricks.

Em Angola, o projecto Ecobricks teve uma resposta imediata, “as pessoas querem participar e já começaram a enviar fotos dos seus Ecobricks, é uma solução fácil e rápida”, afirma a Menos-Lixo.

De salientar, que a Menos-Lixo é um movimento que tem crescido e alcançado cada vez mais pessoas, através de seus projetos e palestras sobre Educação Ambiental.

Artigos Relacionados

1 Commentário

  • solved our watch keeping accurate time

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.