Já podes ouvir o EP “Heartbreak” de Jimmy P

O mais recente trabalho de Jimmy P, o EP “Heartbreak”, é finalmente revelado na íntegra. O projecto editado neste Dia Mundial da Música, 1 de Outubro, já pode ser ouvido nas várias plataformas de streaming.

Desta obra são conhecidos os singles “Heartbreak”, tema que dá nome ao EP, e “Volta para ti” ft Syro, bem como o avanço de “Esqueletos”, com um visual única e exclusivamente criado para o Instagram.

São seis os temas que compõem este extended play e em todos eles é possível encontrar letras pessoais que refletem momentos marcantes do percurso de Jimmy P.

“O artista decidiu partilhar este seu lado profundo com os fãs através da edição destes sentimentos e histórias da forma que melhor o sabe fazer: através da música”, lê-se em nota de divulgação.

O lançamento do EP “Heartbreak” traz ainda consigo mais dois visuais – Táxi e T3 – já disponíveis no YouTube de Jimmy P.

Sobre o artista

Jimmy P é o alter-ego de Joel Plácido. Nasceu na margem sul de Lisboa (Barreiro), mas a sua vida está associada a várias geografias, nomeadamente Angola (terra natal dos seus pais), Paris (onde viveu durante a adolescência) e o Porto (onde criou raízes e começou a dar os primeiros passos no mundo das artes do espetáculo).

O gosto pelo estilo urbano, adquirido no tempo em que viveu em França, e a influência de outras vertentes musicais despertaram a sua apetência para a música.

Após várias interações com outros artistas, seguiu-se um processo natural de maturação que originou o aparecimento de Jimmy P como artista a solo e com um ADN musical muito próprio; fazendo, deste, um dos artistas mais ouvidos em Portugal e nos PALOP.

O seu primeiro projecto discográfico foi o EP “Momento da Verdade”, lançado em 2010, e em 2013 editou o álbum, “#1”. Dois anos depois regressou com “Fvmily F1rst” (2015), seguiu-se “Essência” (2016), a mixtape “Alcateia” de 2018, e em 2020 editou o álbum “Abensonhado”. O seu último trabalho foi o EP “Mercúrio” (2020) que fez com Carolina Deslandes.

Ainda em 2020, foi convidado a participar no Festival da Canção, onde foi finalista e recebeu rasgados elogios da crítica. Também celebrou 10 anos de carreira no Coliseu do Porto, tendo sido, este, um marco importante na carreira do artista.

Artigos Relacionados

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.