‘Fela Day’: A celebração do Fela Kuti acontece este mês em Lisboa

Lisboa prepara-se para o “Fela Day”, em celebração do nascimento de Fela Kuti, Mentor do Afrobeat, que agarrou a música como uma arma e se fez ativista, cruzou oceanos e lutou sempre em defesa da dignidade e liberdade do ser humano”.

O seu aniversário é festejado todos os anos mundialmente, e desta feita a celebração retoma de assalto Lisboa, já no próximo dia 12 de Novembro, com concertos a acontecerem no Estúdio Time Out e um “After Party” no Village Underground.

No Estúdio Time Out a celebração começa pelas 22h00 com Cacique’97 e Carapaus Orkestra, que trazem um convidado de luxo: o rapper Tekilla. Contará ainda com Tiago Santos que irá passar música nos intervalos das atuações.

A “After Party” faz-se no Village Underground a partir da meia noite, onde Lady G BrownSelecta Alice e Fella Ayala levarão a festa até de manhã.

Fela Day é uma celebração da vida de Fela Anikulapo Kuti (1938-1997), músico nigeriano conhecido como o criador do afro-beat e como ativista político e dos direitos humanos. 

O artista é celebrado todos os anos a 15 de Outubro, mas este ano a festa acontece mais tarde em Lisboa, a 12 de Novembro, com Cacique’97 e Carapaus Orkestra.

Os bilhetes estão disponíveis nos locais habituais e através do ticketline.

 

CACIQUE’97 

Cacique’97 é um colectivo de afrobeat luso/moçambicano consagrado como a primeira banda de afrobeat nascida em Portugal.

A paixão pela música de Fela Kuti e Tony Allen uniu estes músicos na prossecução de um objetivo comum: criar um coletivo que espelhasse a mistura lisboeta, cruzando o característico ritmo urbano nigeriano que é o afrobeat, com a tradição musical do dos países africanos de língua oficial portuguesa e do Brasil, que sempre esteve muito presente na capital portuguesa.

Pretendem fazer nascer uma banda sonora global dos novos tempos sem perder a abordagem militante e a promoção da consciência social que tanto aprecia o afro beat. Toda esta mestiçagem faz único o afrobeat de Cacique’97.

Carapaus Orkestra 

Banda formada por músicos brasileiros e portugueses a fim de reverenciar a música africana e seus vários desdobramentos em outras partes do planeta. 

Busca-se nesta viagem venerar a Deusa música da mãe África, de Tony Allen e Orlando Julius ao Funk cortante de James Brown, da música Tuareg ao Rock de Jimi Hendrix, o Blues de Ali Farka Touré, Billie Holliday, Muddy Waters, o Rap do Bronx e dos Griot ancestrais do mundo todo ou até o Jazz de Mulatu Astatke, Moacir Santos, Elza Soares e Miles Davis.

Artigos Relacionados

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.