Covid-19: Angola é o primeiro país PALOP a receber vacinas da Covax

Na passada terça-feira, 2 de Março, Angola tornou-se o primeiro país dos Palops (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa), a receber as vacinas contra a Covid-19. A profissional de saúde, Amélia do Amaral Gourgel, de 71 anos, foi a primeira pessoa a receber a vacina no País.

Angola recebeu o primeiro lote de 624 mil doses de vacinas, produzidas na Índia pela farmacêutica AstraZeneca, no âmbito da iniciativa Covax, que visa assegurar a distribuição das vacinas contra a Covid-19, em países de rendas baixa e média.

Em declarações à imprensa, a Ministra da Saúde de Angola, Sílvia Lutucuta, disse que os primeiros a serem vacinados serão os profissionais de saúde, idosos, professores e grupos de risco. O plano prevê a vacinação de 53% da população com idade igual ou superior a 16 anos.

A primeira fase de vacinação vai abranger as províncias de Luanda, Benguela e Cabinda, por serem as regiões com maior números de casos positivos.

Além de ser o primeiro país dos Palops a receber as vacinas da iniciativa Covax, é também o terceiro país da África Austral, depois do Gana e Costa do Marfim. 

A iniciativa Covax pretende fornecer até ao final deste ano pelo menos dois mil milhões de doses de vacinas.

Siga o Koffie Luso nas redes sociais.

Artigos Relacionados

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.