Boddhi Satva lança “Kilulu” single de avanço do novo disco de estúdio

Boddhi Satva, produtor, compositor e DJ, aclamado como o pai do género musical Ancestral Soul, oriundo da República Central Africana, e radicado em Portugal, lança em todas as plataformas digitais, “Kilulu”, single de avanço do terceiro disco de estúdio ‘Manifestation’, em colaboração com os artistas congoleses Spilulu, Kaysha e H.Baraka pelo selo da Batakari/BBE. 

‘Kilulu’ traduz-se como “mordida”, e é metaforicamente usada para descrever o fato de quem ouve este tema acaba por ser docemente mordido pelos ritmos e sons da música. É uma faixa sobre positividade, diversão e união, conotado com o género Ancestral Soul, que promete agitar os clubes e festivais com a sua vibração contagiante e vozes cativantes.

Além da sua batida contagiante, habilmente produzida em camadas, há uma característica de destaque nas suas produções, os vocalistas. Assim Boddhi Satva junta-se mais uma vez a grandes nomes da música africana, com o cantor e rapper Kaysha, atualmente também a residir em Portugal, a Spilulu, aclamado DJ e produtor e H.Baraka, DJ de vários sucessos de clubes em todo o mundo, graças ao seu som inconfundível.

Este novo single retrata o processo de Boddhi se estabelecer como a figura de proa do novo movimento Afro-House, e que se prepara agora para lançar o seu terceiro álbum intitulado “Manifestation” em Junho de 2022.

O vídeo oficial de ‘Kilulu”, disponível no canal do YouTube do artista, foi filmado em vários locais no Dakar, Senegal e realizado por Redot, Kaysha e pelo próprio Boddhi Satva.

Boddhi passou 17 anos a viver e a criar a partir de Bruxelas e os últimos 5 anos em Lisboa – o que contribuiu para estreitar a ligação com o mundo lusófono, tendo já colaborado com Nelson Freitas, Dino D’Santiago, Sara Tavares, entre outros.

A lista de colaborações e lançamentos de Boddhi Satva é longa, os gostos ecléticos e a sua educação musical são um dos maiores trunfos para as suas performances e produções, permitindo-lhe percorrer diferentes géneros – do House ao Hip Hop, do Ndombolo aos grooves caribenhos.

Lançou a sua música ao longo dos anos em selos amplamente respeitados como Vega Records, Yoruba Records e BBE. Tem levado a sua música aos quatro cantos do mundo, desde festivais ao ar livre aos clubes underground mais importantes, incluindo residências na Europa, África, América do Norte e Ásia.

Artigos Relacionados

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.