Agnes Nunes leva primeiro disco de originais ‘Menina Mulher’ a Portugal

A estreia tão aguardada de Agnes Nunes em Portugal está finalmente agendada. Depois de ver as datas dos seus concertos em terras lusas adiadas devido à pandemia, Agnes irá finalmente cruzar o Atlântico e vai trazer consigo o primeiro álbum de originais, “Menina Mulher”, que acaba de ser lançado.

“Estou super empolgada para ir a Portugal. Nem nos meus melhores sonhos imaginei que minha voz chegaria tão longe. Não vejo a hora de encontrar o povo português, que abraça minha arte com tanto carinho, e cantar as músicas desse álbum lindo, feito com todo o meu coração. Tenho certeza que vai ser lindo!”, diz a jovem cantora brasileira.

Agnes Nunes irá apresentar o novo álbum “Menina Mulher” em três cidades de Portugal, terminando esta curta digressão internacional em Londres, no Reino Unido. Dia 25 de março arranca esta série de concertos no Centro de Arte de Ovar, segue para o Porto, onde atuará no Hard Club a 26 do mesmo mês. Já Lisboa recebe a artista dia 02 de abril, no Estúdio Time Out, e Londres acontece a 04 de Abril, no The Jazz Café.

Sobre o álbum de estreia

Marcando um novo momento de carreira para Agnes Nunes, o disco “Menina Mulher” mostra a transição da jovem cantora, no seu amadurecimento de menina para mulher. O seu primeiro álbum já se encontra disponível em todas as plataformas de streaming e apresenta a sua essência e história, com elementos de suavidade e ao mesmo tempo cheios de potência.

Autora de inúmeros sucessos e de uma voz marcante, Agnes conta que o álbum foi pensado com amor e planeado ao longo de muito tempo para trazer a essência desta nova etapa de sua vida.

“Estou muito ansiosa e animada. Esse álbum é muito especial pra mim, faz bastante tempo que eu tô trabalhando nele, que eu me recolhi pra pensar inteiramente nessa coletânea. Ele conta sobre essa transição que eu tenho passado, da menina para a mulher. Eu tô com 19 anos, então tenho vivenciado muitas coisas que me fizeram e estão me fazendo amadurecer muito”, explica Agnes.

Siga o Koffie Luso nas redes sociais.

Episódios pessoais como aceitação de seu cabelo crespo, autoestima e amor-próprio, estão presentes no disco, através de canções cheias de mergulhos introspetivos. A música Papel Crepom” chega como o single do álbum e conta sobre essas fases que a cantora passou, percorrendo a adolescência e agora como adulta. Essa canção é a única faixa não autoral de “Menina Mulher”, sendo uma composição de Túlio Dek que tomou sua forma final somada a letra ao talento de Agnes Nunes.

Agnes traz em cada faixa do álbum uma mensagem sobre amores, partidas, inspirações, aprendizados, em melodias românticas, que misturam o jazz, o r&b, a mpb e o pop. “Tenho 19 anos e tenho vivenciado muitas coisas que me fizeram e estão me fazendo amadurecer muito. Fiz esse álbum baseado nessa evolução, nesse amadurecimento na forma de olhar o mundo”, finaliza.

O disco é divulgado com selo Bagua Records e conta com duas gerações de produtores musicais, Neobeats e Alexandre Kassin.

Actualmente a artista tem mais de 1,3 milhões de ouvintes mensais no Spotify, quase 700 mil inscritos no canal Youtube e 2,6 milhões de seguidores no Instagram.

Artigos Relacionados

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.